Qabalah On Tv  

Posted by Misha'El Yehudá in , , , , , , , , , ,

A Associação Cabalista Mundial - Gará Kulam Moshav, lançou a primeira Tevê online com conteúdo inteiramente Qabalista. Documentários, entrevistas, meditações, aulas, e muito mais para sua elevação espiritual.


A Associação Cabalista Mundial  

Posted by Misha'El Yehudá



Em janeiro de 2000 (5759), iniciou-se na cidade de Suzano, São Paulo, a “Primeira Sinagoga do Movimento B´nei Anussim”, trazendo de volta à prática judaica dezenas de famílias situadas em todos os municípios do Alto Tiete, cujas origens judaicas, haviam se perdido no decorrer dos anos forçadamente em decorrência das muitas perseguições anti-semitas. Inicialmente a comunidade chamou-se “Elijah Qibutz” e “Aisha Ha´Or” a partir de 2002.

A comunidade foi fundada pelo jovem Rabino Misha´El Yehudá, bisneto de Thomaz Nunes Ferreira, um judeu disperso.

Em 2003 (5762), numa única manhã em um ritual conhecido como brit milá (aliança da circuncisão), A Aisha Há´Or devolveu ao Pacto de Abraão “onze homens”, todos circuncidados no ritual.

O movimento cresceu, ganhando espaço no Estado de São Paulo e em muitos estados do Brasil.

Desde de novembro de 2006, o movimento ganhou dimensão nacional sendo preparado também para ajudar na classificação e agregação dos b´nei anussim em todo o mundo, passando a se chamar “Associação Qabalista Judaica Mundial Para A Agregação De Todos Os Povos Através Da Sabedoria Da Cabalá – Gará Kulam Moshav”.

Agora, a Associação Cabalista Mundial está ganhando dimensão internacional com alunos e b´ney anussim em diversos paizes.

Os B´Nei Anussim

O termo "B´nei Anussim" vem do hebraico, sendo "B´nei" plural da palavra "Ben (filho)" e "Anussim" plural da palavra "Anus (Forçado)" resultando então em "Filhos Forçados" que é uma sentença designada para aqueles judeus que foram "forçados" à conversão católica através das muitas "inquisições". Semelhantemente, o termo "marranos" que outrora acreditava-se ser do espanhol cujo significado é "porco", é na verdade um acróstico hebreu formado pelas palavras "mar (amargura)" e "anus (forçado)" resultando então em "Forçados à Amargura", que é também designado para o tratamento dos milhões de judeus que foram forçados à conversão, tornando-se "cristãos novos". O próprio descobridor do Brasil era um "anussim". Pedro Alvarez Cabral chegou ao Brasil utilizando-se de mapas feitos pelo rabino Qabalista Abraham Zacuto.

A "Associação Cabalista Mundial - Gará Kulam Moshav" nasceu motivada pelo amor. O nome "Gará Kulam" significa "Morada/residência para todos", mas já, antes do seu nascimento, seu fundador trabalhava incansávelmente para compartilhar a Sabedoria e proporcionar o retorno à prática da Torah a todos os "Filhos da Dispersão (B´ney Anussim)".

Os trabalhos começaram em uma garagem emprestada por um empresário cristão dono de uma empresa de formaturas. Foi o irmão do Rabino Misha´El quem comprou inicialmente 30 cadeiras para acomodar os membros. Posteriormente, Arieh comprou um fogão para que as comidas tipicas do judaismo fossem preparadas para os "moadim (Festivais)". Os trabalhos prosseguiram nesta garagem por dezesseis meses. Nesta época Misha´El trabalha no Suzano Shopping vendendo assinaturas para Sky.

Finalmente chegou o dia em que Benedicto, o empresário que havia emprestado a garagem, teve que devolver o predio. Sem lugar para continuar, Misha´El usou sua fé e os sonhos prescientes que havia tido. Procurando durante três semanas, encontrou uma mansão que havia visto em um sonho. Sem ter nenhuma condição, assinou um contrado de aluguel de R$500,00/mês (uma benção para uma residencia tão grande), e ali o trabalho tomou dimensão nacional.

O Rabino Misha´El foi o "Chalutz (pioneiro)"que trouxe o judaismo para a cidade de Suzano e demais municípios vizinhos, onde nunca antes se tinha ouvido falar da prática judaica.

Misha´El é um exemplo no compartilhar e no trabalho por amor sem interesses pessoais ou segundas intenções.

Ações como aulas, criação de vídeos que explicam a Qabalah e o compartilhar dos segredos milenares da Sabedoria da Torah, transmissão de rituais ao vivo por meio da internet, eventos como retiros espirituais, encontros misticos com intenção de compartilhar o conhecimento, tem sido o trabalho da Associação Cabalista Mundial e seu fundador e presidente.